Saiba como ter espírito empreendedor e transformar seu sonho em realidade

Olá pessoal!

Vejam a matéria publicada no site administradores sobre a idealizadora do nosso buscador Zuggi, Natália Monteiro:

 

“Por que eu não pensei nisso antes?”. É bem provável que você já tenha repetido essa frase algumas vezes ao deparar-se com invenções bem criativas e interessantes, várias delas tão simples que até nos deixam com raiva por não termos bolado primeiro. Imagine o dinheiro que você poderia ter ganhado se tivesse inventado o simples e revolucionário canudo ou, quem sabe, o clipe para papel e, até mesmo, o macarrão de piscina? Quando falamos de empreender, muitas coisas são levadas em consideração, como a busca por informações sobre o negócio e a avaliação de sua serventia. Mas, com certeza, uma pitada de criatividade pode ajudar bastante.

A jovem Natália Monteiro foi uma dessas pessoas que teve uma ideia interessante e bastante útil. Antenada em internet, ela construiu o Zuggi, primeiro buscador brasileiro voltado para crianças. O seu diferencial está na barra de conteúdos impróprios para o público infantil por meio de um filtro de sites e palavras. “Minha ideia sempre foi fazer algo para crianças, mas, inicialmente não sabia exatamente o quê. Quando começamos a fazer pesquisas de mercado, resolvemos focar no mundo digital, pois percebemos a enorme diferença que existia entre o mercado brasileiro e o de outros países. Decidimos iniciar com um buscador, pois acredito que, em um mundo cheio de informações, precisamos dar direcionamento para as crianças em um ambiente seguro e divertido”, explica.

A iniciativa de Natália, inclusive, foi uma das quatro empresas brasileiras escolhidas pelo StartUp Chile 2011, um programa de incentivo ao desenvolvimento tecnológico que tem por objetivo atrair projetos pioneiros para aquele país. “A experiência está sendo incrível, estou aprendendo muito, recebendo feedbacks sobre meu projeto de participantes de todas as partes do mundo, com visões e experências diferenciadas. Estamos dando continuidade ao desenvolvimento da nossa ferramenta e também iniciando a internacionalização do Zuggi”, conta Natália, que já embarcou para a cidade de Santiago. Todos os selecionados receberão um investimento financeiro de 40 mil dólares para desenvolver seus negócios no Chile por seis meses.

(…)

 

Um abraço, pessoal!

 

Fonte:

Administradores